fbpx

ESCALAR Mídia Indoor

Outubro Rosa

Outubro rosa: sintomas e dicas de prevenção

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização da população, sobre a importância da prevenção do câncer de mama. Sempre realizado em outubro, o movimento surgiu em New York, 1990, na primeira Corrida pela Cura.

outubro rosa

O câncer de mama, infelizmente, é uma doença muito comum que ataca cerca de dois milhões de pessoas por ano no Brasil, em sua maioria mulheres.

O câncer é o crescimento rápido e descontrolado das células, formando um tumor maligno que invadem outros tecidos próximos a ele, alterando seu material genético e instalando a doença, no caso do câncer de mama, o tumor se desenvolve nos seios.

 Sinais de câncer de mama:

  • Dor ou inversão do mamilo
  • Vermelhidão ou descamação do mamilo ou da pele do seio
  • Nódulos no seio ou nas axilas
  • Secreção sangrenta pelo mamilo
  • Inchaço irregular
  • Irritação nos mamilos

outubro rosa

Caso apresente alguns desses sintomas, procure imediatamente um médico.

 

 

Além do autoexame da mama, o check-up anual também é necessário. Ele pode ser feito pelos seguintes profissionais: ginecologista, cirurgião plástico, oncologista e mastologista. Enfim, vale também ressaltar que, uma vida ativa aliado a uma alimentação saudável são grandes aliados na prevenção do câncer de mama.

Dicas que diminuem o risco de câncer:

  • Praticar exercício físico além de aliviar o stress, também ajuda na prevenção do câncer de mama.
  • Amamentação: Quando a mulher amamenta, ela estimula as glândulas mamárias e diminui a quantidade de hormônios, mantendo a saúde das mamães.
  • O stress é seu inimigo, pesquisas relatam que o stress pode aumentar o risco de câncer, por isso procure realizar tarefas relaxantes, principalmente depois de um dia agitado.
  • Fique atento ao seu histórico familiar, se tiver casos de câncer de mama na família, procure um médico e realize todos os exames necessários.
  • Procure conhecer o seu corpo e fique atento a alterações estranhas.
  • Quem toma café diariamente, tem 57% a menos de chances de contrair a doença. Porém não exagere, principalmente se você sofre de hipertensão, insônia ou ansiedade.
  • Consuma mais cereais, alimentos ricos em ômega3 e ômega6, frutas vermelhas, dieta rica em legumes e folhas, feijão e lentilha, ovos e azeite de oliva.